Paulo Skaf recebe título de cidadão americanense em sessão solene

Publicado em: 13 de novembro de 2017

Selecione a Imagem

 

A Câmara Municipal de Americana realizou na sexta-feira (10), no Plenário Dr. Antônio Lobo, sessão solene para a entrega do título de cidadão americanense ao senhor Paulo Antônio Skaf. A homenagem foi motivada por decreto legislativo de autoria do vereador da 13ª e 14ª Legislaturas, Luiz Antonio Crivelari, e concedida pelo decreto legislativo nº 456/2010.

 

Participaram o presidente da Câmara Municipal de Americana, vereador Dr. Alfredo Ondas (PMDB), o vereador Gualter Amado (PRB), o prefeito de Americana Omar Najar (PMDB), o secretário municipal de Cultura e Turismo Fernando Giuliani e o autor da homenagem, Luiz Antonio Crivelari, além de convidados e diretores e representantes da FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo; do CIESP – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo; do SESI – Serviço Social da Indústria; e do SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

 

Durante o uso da palavra, o presidente da Câmara Municipal de Americana enalteceu a trajetória do homenageado. “O Paulo Skaf tem toda uma história à frente do setor têxtil, a ponto de ele ser a liderança principal no setor industrial aqui do nosso estado. Trata-se de um homem público com os pés no presente, mas com a cabeça no futuro. É alguém que se preocupa com o futuro que se avizinha, e temos certeza que através da sua liderança firme e competente todos do setor empresarial irão ganhar muito. Parabéns”, afirmou.

 

O autor do decreto legislativo falou da honra de conceder o título de cidadania ao homenageado. “Nós é que nos sentimos honrados de poder chamar Paulo Skaf de cidadão americanense, por tudo o que o senhor faz. O seu exemplo é nobre, são pessoas como o senhor que o nosso país precisa para o seu engrandecimento”, disse Crivelari.

 

O prefeito de Americana destacou o trabalho do homenageado nas entidades que preside. “O Skaf, por muitos anos, tem feito todo um trabalho na Fiesp, no Ciesp, no Senai e no SESI, trazendo aqui para Americana novas instalações que são de primeiro mundo. Por isso, oferecemos todo o nosso respeito e essa merecida homenagem”, falou.

 

O homenageado lembrou da importância de Americana no cenário industrial e de como a cidade sempre esteve ligada à sua atuação profissional. “Eu sempre me senti um cidadão de Americana. Estive aqui dezenas, centenas de vezes em minha atuação na indústria têxtil, pela qual me dediquei durante 22 anos. E apesar de todas as tempestades que o setor passou nos últimos anos, até hoje temos um grande capital da indústria instalado aqui. Por isso, voltar a Americana e receber essa homenagem, para mim, é como passar para o papel, porque de coração eu sempre me senti um cidadão americanense. Obrigado a todos”, discursou.

 

Biografia

 

O empresário Paulo Skaf nasceu em 7 de agosto de 1955, na cidade de São Paulo. É casado há 30 anos com Luzia Helena Pamplona de Menezes Skaf, e pai de cinco filhos: Paulo, André, Raphael, Gabriel e Antoine. Avô de Antonia, Leon e Eduarda Skaf.

 

Foi escoteiro e serviu ao exército, experiências que moldaram o seu perfil. Começou a trabalhar muito cedo com o pai, na tecelagem da família. Aos 17 anos, já auxiliava na modernização da fábrica.

 

A experiência precoce o ajudou quando foi presidente do Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem do Estado de São Paulo, o Sinditêxtil, e da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, a ABIT.

 

Em 2004, foi eleito presidente da FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo; do CIESP – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo; do SESI – Serviço Social da Indústria; e do SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Foi reeleito presidente em 2011. Primeiro vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria.

 

Fez parte do Conselho Administrativo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e do Conselho Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República. Foi presidente do Sebrae São Paulo em 2005 e 2006.

 

Na presidência do SESI São Paulo, implementou o sistema de ensino integral em todas as escolas da rede. Modernizou o SENAI e investiu na educação profissional.

 

 

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Sessões Solenes

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas