Judith propõe criação da Semana de Incentivo ao Parto Normal e Humanizado

Publicado em: 27 de abril de 2018

Selecione a Imagem

A vereadora Judith Batista (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei em que propõe a criação da Semana Municipal de Incentivo ao Parto Normal e Humanizado.

 

De acordo com a proposta, a comemoração acontecerá anualmente na primeira semana do mês de setembro. “O parto não é um ato médico, como querem algumas correntes defender. Daí a importância do incentivo ao conhecimento da mulher da diversidade de opções para dar à luz”, expõe Judith.

 

Segundo a parlamentar, embora a expressão "parto humanizado" tenha se popularizado, parcelas importantes da sociedade, e em especial de mulheres, desconhece seu significado. “A diferença fundamental está no respeito ao desejo da mulher e do bebê. Pesquisas mostram que, mesmo quando se trata de parto normal, muitos procedimentos adotados são desnecessários e até prejudiciais. No parto humanizado nenhum procedimento é rotineiro. As intervenções são feitas apenas quando realmente necessárias e decididas com critérios rigorosos”, explica.

 

“A mulher é incentivada a se informar e a fazer suas próprias escolhas e tem que ser respeitada pela equipe de saúde envolvida no pré-natal e no parto. O mais importante é o deslocamento do eixo de protagonismo. Enquanto no parto normal ou por cesariana o ator principal é o médico, ou ele e a equipe de saúde, no parto humanizado a protagonista é a mulher e, obviamente, o bebê”, conclui a parlamentar.

 

O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Judith Batista

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas