Marschelo Meche propõe moção de protesto contra pedágio na SP-304

Publicado em: 06 de setembro de 2018

Selecione a Imagem

 

O vereador Marschelo Meche (PSDB) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana uma moção ao governo do estado de São Paulo protestando contra a autorização para abertura de estudos para a concessão da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304).

 

No documento, o vereador explica que a concessão de um novo lote de estradas paulistas poderá incluir o trecho da SP-304 entre Americana e Piracicaba, bem como a possibilidade de instalação de um pedágio. “Eu sou contra a instalação desse pedágio, por isso mesmo protocolei uma moção de protesto ao governo estadual. Muitas estradas com pedágio são as melhores do país, mas é preciso estudar o impacto disso na economia local, nós já temos um pedágio na Anhanguera na porta de Americana. O trânsito agrícola e industrial é intenso nessa região, e a nossa preocupação é o quanto haverá de desvios dentro das cidades, congestionando as vias urbanas e aumentando a possibilidade de acidentes”, expõe.

 

Ainda na moção, Meche ressalta que o pedágio seria instalado numa região em que vivem mais de 800 mil habitantes, impactando diretamente no desenvolvimento econômico da região, que já conta com pedágio na rodovia Anhanguera. “Para irmos até Campinas pagamos pedágio na ida e na volta, ao instalarmos outro estaremos, aos poucos, cercando Americana. Lembrando que a única opção de descolamento é via rodoviária e que há uma discussão sobre implantação de outro na estrada Ivo Macris”, acrescenta.

 

A moção será discutida pelos vereadores em Plenário, na sessão ordinária de quinta-feira (6).


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Marschelo Meche

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas