Léo da Padaria questiona quantidade de ônibus disponíveis em linhas do transporte coletivo municipal

Publicado em: 07 de junho de 2019

Selecione a Imagem

O vereador Léo Alves, o Léo da Padaria (PCdoB), protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento levantando questões a respeito da quantidade de ônibus circulando pelas linhas da cidade. Como exemplo, citou dois casos específicos que motivaram queixas de moradores: as linhas 102, cujo percurso é Jardim Brasil x Novo Mundo, e a 117, que faz o trajeto Mathiensen x Novo Mundo x Jardim Alvorada.

 

De acordo com o parlamentar, com o atual número de ônibus a demora entre uma partida e outra chega a ser de até uma hora e trinta e cinco minutos durante a semana. O intervalo mais comum de espera apurado para as duas linhas em questão, conforme descritivo no site da empresa que opera o transporte coletivo de Americana, é de uma hora. Já em determinados horários, como no meio da manhã e no início da noite, a espera aumenta.  

 

“O início da noite é um horário crítico para estudantes e para quem retorna para casa depois do trabalho. Nos finais de semana a situação é ainda pior, com intervalos de até duas horas e trinta e cinco minutos de espera no ponto, prejudicando quem depende do transporte coletivo para locomoção”, aponta Léo.

 

No requerimento, o vereador pergunta quantos ônibus circulam nas linhas assinaladas e o número de passageiros transportados. Questiona ainda a possibilidade de ampliação dos horários com a inclusão de novos carros nas linhas e cobra justificativas para uma eventual negativa.

 

O requerimento foi aprovado pelos vereadores durante a sessão ordinária de quinta-feira (6) e será encaminhado para o Poder Executivo e para a empresa responsável pelo transporte público para resposta.

 

* Com informações da assessoria do parlamentar


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Léo da Padaria

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas