Professor Padre Sergio pede informações sobre remoção de abelhas em Americana

Publicado em: 03 de julho de 2019

Selecione a Imagem

O vereador Professor Padre Sergio (PT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações e providências do Poder Executivo sobre serviço de remoção de abelhas em Americana.

 

No documento, o parlamentar relata ter sido procurado por professores da Escola Estadual Professor Silvino José de Oliveira que se disseram preocupados com a invasão de abelhas na unidade de ensino. “Segundo eles, os enxames estão em dois postes de energia que se encontram na altura das salas de aula”, aponta.

 

O mesmo problema afetou a E.E. Profª Maria do Carmo Augusti no ano passado. “Foram registradas três vítimas e uma educadora levou quinze picadas enquanto lecionava”, acrescenta.

 

Ainda de acordo com o vereador, um dos professores relatou ter procurado o Corpo de Bombeiros, que informou não realizar mais o serviço, tendo então protocolado uma solicitação junto à prefeitura, sem ter recebido retorno.

 

Padre Sergio lembra que em São Paulo a secretaria de Saúde oferece um canal de atendimento direto para esses casos. “O interessado em remover colmeias e vespeiros só precisa telefonar para o 156 para agendar o serviço gratuitamente”, conclui.

 

No requerimento, o parlamentar pergunta qual a pasta responsável atualmente pela retirada de colmeias em Americana, especialmente aquelas situadas em áreas de grande circulação de pessoas. Questiona, ainda, quantas pessoas foram picadas por abelhas em 2018 e no primeiro semestre deste ano, como é feito o atendimento das vítimas, se a prefeitura conhece o serviço ofertado na cidade de São Paulo e se há interesse em sua reprodução em Americana.

 

O requerimento deverá discutido e votado em, regime de urgência pelos vereadores em plenário, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (4).


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Professor Padre Sergio

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas