Após audiências públicas, Comissão do PDDI e PDFU discute regulamento da APAMA com equipe da prefeitura

Publicado em: 24 de outubro de 2019

Selecione a Imagem

 

Os vereadores membros da Comissão Especial de Estudos e Acompanhamento Sobre o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) e Plano de Desenvolvimento Físico e Urbanístico (PDFU) reuniram-se na quarta-feira (23) com técnicos da prefeitura de Americana para discutir o projeto de lei que regulamenta a Área de Proteção Ambiental Municipal de Americana (APAMA), também conhecida como Pós-Represa.

 

Participaram o vereador Marco Antonio Alves Jorge, o Kim (MDB), presidente da comissão, os vereadores membros Gualter Amado (Republicanos), Juninho Dias (MDB), Pedro Peol (PV) e Welington Rezende (Patriota), os vereadores Dr. Renato Martins (PDT), Rafael Macris (PSDB), Maria Giovana (PCdoB) e Thiago Martins (PV), o secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Charley Petter Cornachione, e diretores das secretarias de Planejamento e de Meio Ambiente.

 

Durante a reunião, foi realizada uma avaliação das propostas e sugestões apresentadas ao projeto provenientes das três audiências públicas. “A partir das propostas levantadas, nós entendemos que devemos aproveitar todos os pontos positivos, eliminando os conflitos e fortalecendo as congruências do que vem para somar”, observou Kim.

 

Segundo o presidente da comissão, um dos pontos unânimes é a criação de zoneamento de interesse turístico às margens da represa do Salto Grande, prevendo a construção de calçadão e ciclovia. “Isso permitirá não somente a preservação ambiental, mas o desenvolvimento econômico por meio da indústria do turismo, considerando a instalação de hotéis, resorts, pousadas, restaurantes, marinas, entre outros”, acrescentou.

 

A adequação do zoneamento industrial também está presente no projeto, devendo priorizar uma determinada região para concentrar a maior parte das atividades industriais e separando outras atividades comerciais em zonas mistas que permitam residências, comércios e serviços.

 

Uma nova reunião está prevista para o dia 12 de novembro, a fim de analisar a proposta que a equipe técnica da prefeitura deverá desenvolver. “Até lá, estaremos conectados, dialogando e participando da elaboração desse processo para que, ao final, seja remetido a audiência pública e tenhamos, enfim, condições de votar com tranquilidade o projeto de lei, contemplando o consenso de todos aqueles que se debruçaram e desejam um desenvolvimento sustentável para o território de Americana”, concluiu Kim.

 

* Com informações e foto da assessoria do vereador Kim

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Comissões

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas