Título de cidadão emérito a Wladimir Otero Júnior é entregue pela Câmara em sessão solene

Publicado em: 04 de dezembro de 2019

Selecione a Imagem

 

A Câmara Municipal de Americana realizou na terça-feira (3) sessão solene para a entrega de título de cidadão emérito ao Dr. Wladimir Otero Júnior pelos relevantes serviços prestados ao município. A homenagem foi motivada por projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Odir Demachi (PL).

 

Participaram os vereadores Marco Antonio Alves Jorge, o Kim (MDB), Odir Demarchi e Welington Rezende (Patriota), o diretor-presidente do Hospital São Francisco, Douglas Guzzo, além de convidados, amigos e familiares do homenageado.

 

Durante o uso da palavra, o vereador autor do decreto que motivou a honraria enalteceu a importância da homenagem. “A sociedade precisa de mais pessoas como você, que se dedicam pelo próximo. Não é à toa que esta Câmara está lotada hoje com todas essas pessoas presentes para homenagearmos esta pessoa maravilhosa. Que Deus continue te abençoando e iluminando”, disse Odir.

 

O homenageado se disse emocionando ao receber o título. “Este presente é uma honra que me foi dada. É difícil falar depois de tanta emoção. Agradeço a todas as pessoas que fizeram parte da minha vida, porque se não fosse por elas, hoje eu não seria ninguém. Agradeço ao Odir, que disse que tinha dúvida se eu iria aceitar. Odir, este foi o maior presente que eu recebi na minha vida. Obrigado a todos”, discursou.

 

Biografia – Wladimir Otero Júnior

 

Wladimir Otero Júnior nasceu em Americana, no dia 16 de novembro de 1963. Filho de Wladimir Otero e de Vera Regina Silva Otero, ambos advogados e irmão de Débora, odontologista. É casado com Sandra Pereira Otero e tem três filhos: Luís Guilherme, João Vitor e Pedro Henrique.

 

Passou sua infância no bairro Girassol, participando em 1972 da catequese no Educandário Divino Salvador, no prédio que hoje abriga a Câmara Municipal de Americana. Frequentou os primeiros anos do ensino fundamental no Colégio Dr. Heitor Penteado, atual prédio da Biblioteca Municipal de Americana e os anos seguintes na Escola Presidente Kennedy.

 

Após completar o ensino médio no Colégio Pio XII em Campinas, ingressou na Universidade de Medicina de Mogi das Cruzes/SP, em 1982 e se formou em 1987.

 

Fez residência médica em cirurgia geral e aparelho digestivo no serviço de Cirurgia de Ribeirão Preto e no ano de 1990, Wladimir retornou a Americana, já especialista em Gastroenterologia e Endoscopia. Em Fevereiro de 1990, começou a trabalhar no posto médico do bairro Praia Azul, seu primeiro emprego; constituindo, no mesmo ano, seu próprio consultório médico onde está estabelecido até os dias atuais.

 

Ainda durante o ano de 1990, começou a trabalhar no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi em Americana como cirurgião e foi chefe dos prontos-socorros entre os anos de 1991 e 1994, fundando em 94 o pronto-socorro do bairro Mathiensen. Atuou no Hospital Municipal de Americana até o ano de 2003.

 

Wladimir também atende no Hospital São Lucas e no Hospital São Francisco em Americana, desde 1991; e no Hospital da Unimed desde 2013. Assumiu a direção clínica do Hospital São Francisco em 1997, função que ocupa até os dias de hoje.

 

Wladimir possui alguns hobbies como torcer para a Sociedade Esportiva Palmeiras, seu time do coração, andar de moto e o gosto por carros antigos e conversíveis.

 

Dr Wladimir é apaixonado pela sua profissão, um sentimento que sempre o acompanha, sentindo-se gratificado pelos laços das relações que constrói diariamente com seus pacientes, sempre tratando a todos com muito respeito, amor e dignidade.

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Sessões Solenes

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas