Alunos da EE Prof° Luiz Hipólito participam de sessões simuladas do “Câmara Jovem”

Publicado em: 21 de junho de 2011

Selecione a Imagem

Noventa alunos da terceira e quarta séries da EE “Prof° Luiz Hipólito”, localizado no bairro Parque Gramado, participaram nos períodos da manhã e tarde desta terça-feira (21) de sessão simulada do projeto educacional “Câmara Jovem” da Câmara Municipal de Americana, realizada no Plenário Dr. Antonio Álvares Lobo.
Ainda na escola, os alunos apresentaram projetos, moções e indicações e elegeram os vereadores para a sessão simulada. Já no Plenário, discutiram as propostas e debateram temas como transporte público, implantação de laboratórios de informática gratuitos e campanhas educativas de trânsito.
No período da manhã, a Mesa Diretora foi composta por Juliana Alves Messias da Silva (presidente), Daiane Bicalho Barbieri (primeira secretária), e Sofia Maria Luiz (segunda secretária). Já no período da tarde, compuseram a Mesa Diretora os vereadores mirins Giovana de Oliveira (presidente), Ingridy Santana de Jesus (primeira secretária) e Thiago de Souza Clemente (segundo secretário). Foram discutidos três projetos de lei, dois requerimentos e duas moções.
Os vereadores Adelino Leal (PT), Celso Zoppi (PT) e Paulo Chocolate (PSC) estiveram presentes e utilizaram a palavra para agradecer a participação dos alunos, falar sobre a qualidade do debate e dos projetos apresentados e entregar os certificados de participação.
Chocolate parabenizou os participantes pelo trabalho desenvolvido. “É muito bom vir aqui e ouvir vocês discutindo ótimos temas, e é com esse tipo de discussão que as soluções aparecem. No futuro, vocês poderão estar aqui como vereadores realizando projetos e requerimentos, ajudando no andamento da cidade”, disse.
“É uma satisfação vocês estarem participando desse projeto para que aprendam como é o andamento do poder público, fiscalizado por essa Casa. Vocês também estão nos ajudando com esses projetos apresentados, mostrando os problemas da cidade, que é um direito que vocês têm como munícipes”, afirmou o vereador Leal.
Zoppi destacou que a participação no projeto faz com que os jovens participem da vida política da cidade. “Sempre que posso, faço questão de estar presente pela importância desse projeto tanto para vocês, para nós vereadores e para a cidade. Essa foi a maneira que a Câmara encontrou de fazer parte da formação dos alunos”, ressaltou o parlamentar.
Transporte público
O primeiro projeto de lei discutido regulamenta a qualidade e a quantidade dos transportes públicos nos bairros de Americana. Na propositura, fica determinado que as empresas de transporte público são obrigadas a manter os ônibus de sua frota com no máximo dez anos de uso e manter em cada uma das linhas pelo menos dois ônibus equipados para transporte de cadeirantes. O projeto foi aprovado por unanimidade em ambas as sessões.
Os autores ressaltam que muitos dos ônibus têm de quinze a vinte anos de uso. “Esses ônibus muito velhos quebram no caminho e os passageiros são obrigados a esperar horas até vir outro ônibus, chegam atrasados no trabalho e nos seus compromissos. Outro problema grave é que os deficientes têm poucos ônibus equipados para levar cadeiras de rodas”, apontaram.
A vereadora mirim Mariane Santos também se manifestou favorável ao projeto. “Os cadeirantes não têm como ir aos seus compromissos, pois os ônibus não são equipados. Se eles fossem mais novos e adaptados, as pessoas não utilizariam tanto os carros, que ajudam a poluir o ar”, afirmou.
Campanha educativa
Outro projeto de lei apresentando e aprovado em ambas as sessões cria a “Campanha Educativa Anual para Pedestres no Trânsito”, a ser realizada anualmente durante a Semana do Trânsito. “É grande o número de pessoas atropeladas no trânsito de Americana. A maior parte dos pedestres, e ainda os ciclistas, não ligam para os sinais de trânsito. Se a Prefeitura investir em campanhas - folhetos e cartilhas – será um investimento para uma vida melhor”, afirmam.
A vereadora mirim Thayne Araújo se mostrou favorável ao projeto. “Os pedestres não atravessam na faixa, nem respeitam os sinais de trânsito”, justificou. Os vereadores mirins que se manifestaram contrariamente alegaram que os carros são os responsáveis pelos erros no trânsito.
Laboratórios de Informática
O último projeto da Ordem do Dia institui a criação de laboratórios de informática em todos os centros comunitários de Americana. No projeto, fica instituído que todos os laboratórios terão internet gratuita, doadas pelas empresas que disponibilizam o serviço. Além disso, serão ministrados cursos de informática gratuitos por alunos estagiários da Escola Técnica Polivalente e outros voluntários. O projeto foi aprovado em apenas uma das sessões.
“Atualmente, quem não souber usar o computador e se comunicar pela internet corre o risco de ficar desatualizado e praticamente excluído da sociedade. Mas existem muitas pessoas que não podem comprar seu computador e nem pagar um provedor de Internet”, justificaram os autores.
A vereadora mirim Eloísa Seleghini alegou que as pessoas passarão a usar os computadores para acessarem conteúdos inadequados. Já Maria Blanco ressaltou que os laboratórios precisarão se adaptar para o uso comunitário. “Em lugares como a Biblioteca Municipal estão disponíveis computadores e alguns dos sites são bloqueados para impedir seu uso indevido”, relatou.
Requerimentos
Dois requerimentos foram discutidos e aprovados durante as sessões simuladas: um solicita ao Poder Executivo uma revitalização dos sinais de trânsito nas proximidades da EE Prof° Luiz Hipólito; outro solicita informações ao Prefeito Municipal sobre os plantões de médicos pediatras no Posto de Saúde do Parque Gramado.
O projeto
O “Câmara Jovem” é um projeto educacional no qual seus participantes atuam como vereadores por um dia numa sessão simulada no Plenário “Dr. Antonio Álvares Lobo”, da Câmara Municipal. Na ocasião, são apresentadas e discutidas proposituras nas suas várias modalidades (projetos, moções, indicações e requerimentos), que relatam os problemas reais da comunidade em que os participantes residem.
Assessoria de Comunicação


Categoria: Notícias da Câmara

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas