Kim pede informações sobre apoio à classe artística durante a pandemia de Covid-19

Publicado em: 14 de maio de 2020

Selecione a Imagem

 

 

O vereador Marco Antonio Alves Jorge, o Kim (Solidariedade), protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações ao Poder Executivo sobre medidas de apoio à classe artística de Americana durante a pandemia de Covid-19.

 

No documento, o parlamentar lembra que um dos setores mais afetados pelas restrições impostas durante a quarentena foi o cultural, devido à interrupção de todas as atividades artísticas com público, para evitar aglomerações e prevenir a disseminação do coronavírus.

 

“Um estudo realizado pela secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo aponta que o setor deve perder neste ano cerca de R$ 34,5 bilhões em virtude da crise. O setor da cultura responde por 2,64% do PIB nacional e 3,9% do PIB estadual, gerando cerca de 2,5 milhões de postos de trabalho no país, sendo um milhão apenas em São Paulo”, relata Kim.

 

De acordo com o parlamentar, integrantes da classe artística de Americana relataram as dificuldades enfrentadas durante a quarentena, já que grande parte atua como autônomo e possui na atividade cultural a única fonte de renda. “Muitos dos profissionais não possuem contratos de trabalhos regulamentados, o que os coloca em condição de vulnerabilidade neste momento”, acrescenta.

 

No requerimento, Kim cita ações governamentais de prefeituras como São Paulo, Itatiba/SP e Fortaleza, em que instituições culturais independentes e profissionais criativos têm recebido ajuda financeira. Lembra ainda que, segundo informações, o Fundo de Assistência à Cultura possui recursos acumulados que poderiam ser usados para prestar ajuda aos artistas que estão em situação de dificuldade, “uma vez que perderam a única fonte de renda que era advinda das atividades culturais que realizavam”, conclui.

 

O vereador pergunta quais medidas estão sendo adotadas pela secretaria municipal de Cultura e Turismo em apoio à classe artística de Americana, qual o valor acumulado no Fundo de Assistência à Cultura e se existe a possibilidade de usar recursos do fundo para o socorro imediato dos artistas locais ou, ainda, quais outras medidas serão adotadas.

 

 

  

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Kim

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas