Câmara entrega título de cidadão americanense a Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis nesta sexta

Publicado em: 25 de maio de 2016

Selecione a Imagem

 

A Câmara Municipal de Americana realiza na sexta-feira (27) sessão solene para a entrega do título de cidadão americanense ao Arcebispo de Aparecida-SP, Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis.

 

A solenidade acontece no salão da Basílica de Santo Antônio, a partir das 20h, e é aberta ao público. A homenagem foi motivada por projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Antonio Carlos Sacilotto (PSDB).

 

Biografia

 

Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis nasceu em 15 de fevereiro de 1937, na cidade de Capela Nova, em Minas Gerais. Em 1955 entrou para o Seminário Menor, em Mariana, onde cursou o segundo grau e o curso de Filosofia. Em 1961 foi para Roma, onde cursou Teologia e, em 1965 foi para a Alemanha, onde acompanhou o Curso Superior de Catequese.  Foi ordenado sacerdote em Conselheiro Lafaiete, MG, em 19/03/1968.

 

Foi Pároco da Igreja do Santíssimo Sacramento, em Brasília, de 1968 a 1976; Chanceler da Arquidiocese de Brasília, de 1968 a 1979. Em 15/09/1986, em Brasília, foi ordenado Bispo. Foi bispo Auxiliar e Vigário Geral da Arquidiocese de Brasília de 1986 a 2003. Secretário-Geral do Conselho Episcopal Latino-americano (1991-1995).

 

Nomeado pelo Papa João Paulo II, Padre Sinodal na Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos, em Roma (abril 1994). Secretário-Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil de 1995 a 2003.

 

Membro eleito na Academia Brasiliense de Letras, em novembro de 2003, tomando posse na cadeira 33, no dia 23/06/2004. Nomeado o quarto Arcebispo da Arquidiocese de Aparecida, em 28 de janeiro de 2004, tomando posse no dia 25 de março de 2004.

 

Presidente do Conselho Fiscal da CNBB (2007-2011). Eleito Presidente do Celam para o quadriênio 2007-2011, na 31ª Assembleia Geral do Celam, na Cidade de Havana, Cuba, em julho de 2007.

 

Em 2008, foi nomeado pelo Papa Bento XVI para a XII Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos - Sínodo da Palavra, em Roma, outubro 2008. Eleito presidente da CNBB durante a 49ª Assembleia Geral, realizada em Aparecida, para o mandato de 2011-2015.

 

O Arcebispo Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis teve importante participação na criação da Basílica de Santo Antônio de Pádua, enquanto presidente da CNBB.

 

A criação da Basílica é um pedido realizado pelo bispo diocesano ao Vaticano, levando em consideração uma série de aspectos que são analisados de maneira criteriosa pela Santa Sé. Um dos documentos imprescindíveis para que o pedido seja aceito é chamado em latim de Nihil Obstat (nada impede) e é assinado pelo presidente da CNBB.

 

Com o dinamismo empregado pelo Cardeal o processo foi concluído em pouco tempo, sendo aceito e aprovado pelo Vaticano em tempo nunca visto na história da Igreja Católica. Foi o próprio Dom Damasceno quem instalou a Basílica de Santo Antônio durante solene missa no dia 30 de novembro de 2014 com a presença de 5 mil fiéis.

 


Escrito por: Assessoria de Comunicação

Categoria: Sessões Solenes

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas