Câmara entrega homenagens em sessão solene nesta terça (15)

Publicado em: 14 de setembro de 2020

Selecione a Imagem

 

 

A Câmara Municipal de Americana realiza na terça-feira (15) sessão solene para a entrega de título de cidadão americanense a Bruno César Zanaki, título de cidadão emérito a Cláudio de Oliveira Pinto e medalhas “Princesa Tecelã” a Gustavo Henrique Codinhoto Lu e Werighton Gustavo Fernandes de Moraes.

 

A solenidade acontece no Plenário Dr. Antonio Álvares Lobo, a partir das 19h30, e será transmitida ao vivo pela TV Câmara, no canal 8 da NET, pelo site oficial e redes sociais (Facebook e Youtube). Atendendo às regras de reabertura e de realização de eventos previstas no Plano São Paulo, o plenário terá capacidade reduzida, cumprindo-se as regras de distanciamento entre os presentes e uso obrigatório de máscaras, e a solenidade será aberta somente para homenageados, convidados, vereadores e autoridades.

 

Biografias

 

Bruno César Zanaki

 

Natural de Santa Barbara D’Oeste, mas com suas raízes e residência sempre em Americana, o jogador que atualmente integra o elenco do time carioca Vasco da Gama passou por grandes clubes do cenário brasileiro, o que lhe rendeu título de Revelação do Campeonato Paulista e Brasileiro no ano de 2010, destaque este que o colocou em exposição para o mundo.

 

Canhoto, já mostrava seu talento para o futebol desde os 06 anos de idade, integrando times amadores de Americana como Unidos da Cordenonsi, Atlético Ipiranga e Cidade Jardim.

 

Aos 13 anos assinou o seu primeiro contrato profissional com o Interclub Korea da cidade de Itu, o que lhe abriu portas para times como Bahia, São Paulo, Palmeiras e Grêmio, se destacando no Corinthians, sua vitrine para o cenário internacional. Engrandecendo o nome de Americana no cenário esportivo, o atleta representou Americana em times como Benfica (Portugal), Ahl Alli (Arábia Saudita), Estoril (Portugal) e Sporting (Portugal), além da seleção brasileira em 2011.

 

Além da notoriedade no esporte que agrega ao município de Americana, Bruno César se destaca na cidade por suas iniciativas de cunho social, visando atender o interesse dos mais carentes e fomentando a possibilidade de mudança de vida que o esporte trás na vida dos jovens e crianças.

 

Cláudio de Oliveira Pinto (Repiado)

 

Nasceu em Americana em 07 de junho de 1967, Cláudio é conhecido como Repiado. Em 1976, aos nove anos de idade, ele e os amigos montaram um time no campinho e a cada dia o seu sonho aumentava. Em 1984, perdeu seu pai Durvalino Pinto devido um câncer no estômago. Mesmo com a perda dos pais, Cláudio sonhava em jogar nos gramados e conseguir ajudar todos da sua família, pessoas a quem ele é muito grato.

 

No mesmo ano, Repiado foi convocado para um teste no Juventus-SP, mas devido à condição financeira e social da família, seguindo as orientações dos tios, ele não aceitou fazer o teste e começou a trabalhar para ajudar no sustento da casa. Assim, conciliou os estudos com o trabalho e passou a jogar bola apenas nos finais de semana, até acabar abrindo mão do seu sonho devido às inviabilidades do momento.

 

Em 1990, recebeu o convite de um amigo para ser massagista do time São Vito. Cláudio trabalhava a semana toda em uma metalúrgica e dedicava os seus finais de semana para os meninos do time. O amor pelo futebol foi só aumentando, até que em 1994 recebeu o convite da Unidos da Cordenonsi para assumir o treinamento das categorias de base, onde atua até hoje, há 26 anos, atuando também no treinamento de base do Esporte Clube Rio Branco nas categorias Sub 11 e Sub 13.

 

Ao longo da carreira à frente do time, Repiado disputou competições municipais, regionais, estaduais e continentais, além de participar do Campeonato Paulista, Copa Sul-Americana e muitos outros, representando o time do Rio Branco em diversas competições.

 

Gustavo Henrique Codinhoto Lu (Naná)

 

Nascido em Americana, Gustavo cresceu em meio à música. Filho de Flávio dos Santos Lu e Sandra Regina Codinhoto, ainda criança ele acompanhava o trabalho do pai que fazia apresentações de samba em eventos familiares, o que despertou seu interesse aos seis anos de idade para percussão e estudos de cavaquinho, prosseguindo também o estudo em outros instrumentos, se tornando multi-instrumentista com ouvido absoluto.

 

Em 2013, Gustavo foi convidado para ser roadie na Orquestra Municipal de Americana, ano em que também iniciou os estudos na escola de música municipal Heitor Vila Lobos. Aos 19 anos, o músico americanense decide seguir carreira no Rio de Janeiro onde conheceu e trabalhou com muitos nomes tradicionais de sucesso da música brasileira, expandindo e aprimorando cada vez mais seu nome e seu trabalho.

 

Em 2016, Naná (apelido de infância) foi convidado para integrar a banda do cantor Dudu Nobre e o acompanhou em todos os shows do estado de São Paulo. Devido à ascensão da carreira, o trabalho com muitos cantores populares e a afinidade da banda, no mesmo ano, foi criado o grupo Encontro de Batuqueiros, banda que despontou rapidamente no cenário do samba, proporcionando ao grupo turnês internacionais, além de trabalhos com artistas como Zeca Pagodinho, Alcione, Xande de Pilares e Netinho de Paula, entre outros.

 

Atualmente, aos 25 anos, Naná busca expandir cada vez mais a atuação do grupo Encontro dos Batuqueiros e objetivam estar entre os maiores grupos de samba do Brasil.  Le carrega a cidade de Americana por todos os lugares que passa, sendo um nome de grande representatividade para a cidade na esfera artística.

 

Werighton Gustavo Fernandes de Moraes (Ton)

 

Werighton Gustavo Fernandes de Moraes nasceu em Americana em 1983. Conhecido na cidade como Ton, é formado em Design Gráfico pela FAAL Faculdade de Artes e Administração do Limeira e Pós Graduado em Animação 3D.

 

Ton teve contato com o mundo do grafite em 2001 e partir de então, começou a promover arte de forma comercial. Participou dos principais eventos de grafite do Brasil como ViraCopos Arte Urbana, projeto de arte que contemplou grafiteiros do interior do estado com a elaboração de um grande painel ilustrado no aeroporto de ViraCopos na cidade de São Paulo.

 

De 2015 a 2017 educador na Fundação Casa pelo CEDAP, ministrando Workshop através do programa ‘’Fazendo Arte’’, levando arte e cultura para mais de 2000 alunos ao longo dos dois anos. Também foi coordenador de arte para adolescentes com acompanhamento psicológico no CAPS de Americana e Santa Barbara d’Oeste. Em 2018 foi convidado a fazer um mural com artistas renomados de todo o mundo na cidade de São Tiago, no Chile, o que fez o seu trabalho alcançar níveis internacionais.

 

Atualmente, se tornou designer têxtil com intuito de expandir seu conhecimento e experiência na área de moda em indústrias de Americana. Ainda assim, não deixou de fazer murais de grafite que é sua verdadeira paixão. Ton carrega a cidade de Americana por todos os lugares que passa, sendo um nome de grande representatividade para a cidade na esfera artística.

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Sessões Solenes

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas