Gualter propõe emenda que limita disposição de resíduos sólidos de outras cidades a 6 mil toneladas por mês

Publicado em: 23 de agosto de 2019

Selecione a Imagem

O vereador Gualter Amado (Republicanos) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana uma emenda ao projeto de emenda à Lei Orgânica do Município nº 3/2019, que altera a redação da lei orgânica permitindo a disposição de resíduos sólidos oriundos de outras cidades em aterros sanitários instalados em Americana, limitando a seis mil toneladas por mês a quantidade de resíduos que poderão ser destinados a Americana.

 

De acordo com o parlamentar, o objetivo é garantir que o aterro não receba de outras cidades uma quantidade de resíduos superior à que é destinada por Americana. “Atualmente o aterro particular existente em nosso município enterra um pouco menos de seis mil toneladas por mês, isso sem utilizar de unidade de tratamento e gerenciamento de resíduos sólidos. Não queremos impedir que novas tecnologias de tratamento do lixo venham para Americana, porém, não queremos também enterrar mais do que já vem sendo praticado atualmente”, aponta.

 

“Colocando essa limitação, não corremos o risco de que nossa cidade, ainda que receba resíduos de outros municípios, deposite em aterro quantidade ainda maior do que ela mesma produz, o que irá forçar que os proprietários de aterros utilizem cada vez mais tecnologias de reciclagem e compostagem de resíduos sólidos. ”, acrescenta.

 

A emenda será discutida e votada pelos vereadores juntamente ao projeto de emenda à lei orgânica, em sessão extraordinária. O projeto será discutido em audiência pública no plenário da Câmara, no dia 03 de setembro, a partir das 19h.

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Gualter Amado

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas