Dr. Renato Martins participa de abertura da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”

Publicado em: 20 de novembro de 2019

Selecione a Imagem

 

O vereador Dr. Renato Martins (PDT) participou nesta quarta-feira (20) da cerimônia de abertura da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, promovida pela secretaria municipal de Ação Social e Desenvolvimento Humano. O parlamentar é autor da lei nº 6.310/2019, que instituiu a campanha.

 

Participaram da cerimônia o secretário municipal de Ação Social e Desenvolvimento Humano, Aílton Dias Gonçalves Filho, a vice-presidente do CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher), Léa Amábile, a coordenadora da Unidade de Direitos Humanos da prefeitura de Americana, Alcimara Batalhão, a representante da Guarda Municipal de Americana e integrante da Patrulha Maria da Penha, Luciana Paula Marques, a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB de Americana, Lucia Izabel Meza e a representante da UNIMED Santa Bárbara d’Oeste/Americana, Mariana Zaha.

 

A cerimônia de abertura contou com a apresentação de dados estatísticos referentes à violência contra a mulher pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e com a palestra “Identidade da mulher Negra – Discutindo Gênero, Etnia e Raça”, proferida pela professora Cláudia Monteiro, da Unegro de Americana e do Coletivo Batakotô.

 

Durante o uso da palavra, o vereador falou sobre a importância da campanha. “Fico feliz em saber que a nossa iniciativa hoje se tornou realidade aqui em Americana. A mulher tem um papel fundamental em nossa sociedade e como legislador temos a obrigação de trabalhar pelo seu bem-estar. É dever do poder público garantir os seus direitos, a sua segurança e também abordar assuntos como o parto humanizado”, destacou Dr. Renato.

 

A campanha

 

As atividades iniciam-se nesta quinta-feira (21). A vice-presidente do CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher), Léa Amábile, e a coordenadora da Unidade de Direitos Humanos da Prefeitura de Americana, Alcimara Batalhão, irão ministrar as edições da "Roda de Conversa com Adolescentes". As apresentações serão no dia 21, às 13 horas, no CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), e no dia 26, às 9 horas, na Apam da Praia Azul.

 

O Parque Ecológico Municipal "Cid Almeida Franco" também participa da ação com a distribuição de materiais informativos ao público nos dias 23, 24 e 30 de novembro, além dos dias 1º, 7 e 8 de dezembro.

 

A Gama (Guarda Municipal de Americana) irá ministrar as palestras sobre o programa Municipal "Patrulha Maria da Penha" no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro São Manoel (22 de novembro, às 9h30); no Cras do bairro Guanabara (27 de novembro, às 9 horas); no Cras da Vila Mathiensen (29 de novembro, às 9 horas); no Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social ) (3 de dezembro, 10 horas); no Cras no Jardim Nossa Senhora Aparecida, na região do Zanaga (4 de dezembro, às 14 horas) e no Cras do bairro São Jerônimo (5 de dezembro, 9 horas).

 

Ainda falando sobre a Lei Maria da Penha, a advogada e pós-graduada em processo penal, Dra. Keilla Dias Takahashi Vieira, apresenta no plenário da Câmara Municipal, no dia 2 de dezembro, às 10 horas, a palestra "A aplicação da Lei Maria da penha e Assistência Jurídica ás mulheres em situação de violência".

 

A advogada Dra. Simone Seghese, apresenta o projeto "Heróica", o qual fundou em 2017, e tem como objetivo transformar a vida de mulheres com o apoio de outras mulheres. O encontro será no auditório do CCL (Centro de Cultura e Lazer), às 10 horas, no dia 25 de novembro.

 

Já no dia 27, a ação acontece na Câmara Municipal de Americana, às 10 horas, com atendimento a mulheres migrantes e refugiadas à partir das experiências vividas pela Organização Social Missão Paz. O encontro será ministrado pelo padre Paolo Parise, pároco da Igreja Nossa Senhora da Paz, na cidade de Glicério.

 

Buscando atingir o maior número de pessoas e envolver a população na causa pelo fim da violência contra a mulher, a Secretaria de Ação Social e o CMDM irão estender a programação para outros locais da cidade. No dia 30 de novembro, às 14 horas, na Praça Malala, o grupo Frente feminista Marielle Vive administra a roda de conversa com o tema "Violência na maternidade". No dia 6 de dezembro, os patrulheiros da Gama farão uma blitz na Avenida Brasil, a partir das 9 horas, divulgando a campanha "Laço branco - homens pelo fim da violência contra as mulheres". Já na OAB (Ordem doa Advogados do Brasil), serão discutidos os impactos da violência doméstica causados na saúde das mulheres. O debate será no dia 9 de dezembro, às 19 horas.

 

Encerrando a programação da ação, será realizada na Unimed, no dia 10 de dezembro, as 10 e às 15 horas, a capacitação "A importância da notificação compulsória da violência na efetivação da lei Maria da Penha".

 

* Com informações da prefeitura de Americana e foto da assessoria do parlamentar

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Dr. Renato Martins

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas