Thiago Martins pede reformulação e informatização da eleição do Conselho Tutelar

Publicado em: 12 de março de 2020

Selecione a Imagem

 

O vereador Thiago Martins (PV) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana uma moção de apelo em que pede ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) a adoção de medidas de reformulação e de informatização das eleições para o Conselho Tutelar de Americana.

 

No documento, o parlamentar relata que, além das irregularidades já apresentadas pelo CMDCA em relação à eleição do conselho tutelar, a análise detalhada das listas de votantes levantou mais dúvidas sobre o pleito. “Após todo o estudo, concluímos que o fato da contabilização dos votos ser feita integralmente de forma manual pode induzir erros e dificultar a transparência de todo o processo”, aponta.

 

Dentre os problemas verificados pelo vereador, estão eleitores sem a seção eleitoral marcada corretamente, títulos eleitorais escritos com rasuras, deixando um ou mais números inelegíveis, eleitores sem assinatura, datas de nascimento de eleitores nascidos em 2014 e 2017 e nomes de eleitores abreviados na maioria dos casos e com sobrenomes ocultados, por exemplo.

 

“Além das listas, recebemos como resposta de mais um requerimento a informação de que um caso de boca de urna e transporte de eleitores relatado e assinado pela mesária, sequer foi apurado. A justificativa do CMDCA é falta de indícios de autoria e materialidade, o que nos parece controverso, visto que há assinatura de mesária relatando qual foi o delito, há testemunhas a serem ouvidas que se faziam presentes no local e, ainda, identificou-se o autor”, acrescenta Martins.

 

“O número de erros nas listas e de omissão em casos de delitos constatados coloca em dúvida toda a lisura do processo eleitoral de escolha dos representantes do Conselho Tutelar em nossa cidade”, conclui.

 

Na moção, Martins pede que se estude a implantação de sistema informatizado que facilite o cruzamento de dados e a identificação de inconsistências em tempo real durante as eleições, que seja extinta a a escrita manual nas listas de votação e que seja instituído o fornecimento de comprovante de votação.

 

A moção será discutida e votada pelos vereadores em plenário, durante a sessão ordinária da quinta-feira da próxima semana (19).

 


Escrito por: Coordenadoria de Comunicação

Categoria: Thiago Martins

Compartilhe essa notícia

Notícias Relacionadas